06 junho 2006

Paradise and Hell: 34.º na Invicta

Paradise and Hell, Hieronymus Bosch
O termómetro marca 34 graus. Acima dos 30.º, o clima no Porto torna-se insuportável. Para uns, este tempo é o Céu - as praias estão cheias, o Parque da Cidade repleto; para outros, porém, como eu, que estão a trabalhar, parece que o Inferno desceu à Invicta. Em redor da cidade, ardem as matas. O calor é acompanhado de um ar denso, carregado de fumo, que impede que se veja o sol. Amanhã sigo para o limbo de Lisboa. Parece que na capital do reino está mais fresco. Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: