03 novembro 2006

Défice ideológico

Li com interesse a coluna de João Cardoso Rosas no DE "O défice ideológico".
*
Eu, um pobre seguidor da Escola Austríaca, que tem dias simpatizo com os Chicago Boys, me confesso: Burke e Nozick, com um pouco de azeite, ainda marcham, agora Sandel, Keynes e Kristol? Já não falo no Walzer e no Habermas (já viram o espectáculo, o Carrilho a discutir Habermas com o Jorge Coelho e o José Sócrates?).
*
Nos partidos políticos, é um facto, não se discute verdadeira política, nem ao fim-de-semana nem nos chamados "dias úteis". Já muitos dos que andam aqui pela blogosfera (a tal que Eduardo Prado Coelho e Miguel Sousa Tavares tanto criticam), e que não têm qualquer participação partidária, assistiram no IEP aos seus seminários, Professor Rosas, onde ensina os seus alunos a desvendar estes autores. Bem-haja por isso.
*
Só estou arrependido de ter optado, no trabalho final, por Rawls... Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: