29 novembro 2005

Imperdível: A pronúncia do Norte (via A Destreza das Dúvidas)

Caro LA-C, É bom ver que voltas a estar de novo junto do carinho dos teus, sentido esse estímulo que é contactar com o país real: «Um outro dia, passeava por Braga, já ao anoitecer. Uns putos jogavam às escondidas entre os carros. Melhor seria dizer, a canalha jogava às escondidas. Uma senhora abre a janela e grita, ó Pedro meu grande filho-da-puta, mas vens para dentro ou não? Responde o puto, já vou mamã, já vou». Portugal no seu melhor! Um abraço, Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: