29 dezembro 2005

Blue Lounge recomenda: No Abrupto ...

BOAS COISAS NO JORNALISMO PORTUGUÊS EM 2005, VISTAS POR UM GRANDE (EM QUANTIDADE) CONSUMIDOR (alfa) / PÉSSIMAS COISAS NO JORNALISMO PORTUGUÊS EM 2005, VISTAS PELO MESMO: Subscrevo na íntegra a análise de JPP, e recomendo a sua leitura. Acrescento à lista das boas coisas: - O próprio JPP, que no Público, na Sábado, na SIC Notícias e no Abrupto faz a diferença; - A Quadratura do Círculo, programa ao qual só dou folga nos dias em que há jogos no Dragão da Liga dos Campeões; - Também às quartas-feiras, as colunas de Paulo Rangel no Público, leitura obrigatória mesmo para quem tem as agendas mais exigentes; - As colunas de Vital Moreira no Público, descontando os dias em que lhe dá para ser mais Papista que o próprio PS; - O Diário Económico, um oásis na (des)informação diária, um jornal que soube num contexto de dificuldade para a imprensa escrita ganhar o seu espaço com personalidade, afirmando um estilo próprio, em alguns aspectos inovador, resistindo ao jornalismo populista; um jornal que em 2005 conseguiu crescer e amadurecer-se, tornando uma dificuldade - a mudança de director - numa grande oportunidade para se consolidar (na minha humilde opinião, melhorando até a olhos vistos sob a alçada do Martim Avillez Figueiredo); neste momento, o meu primeiro jornal do dia (muitas vezes, quando o tempo é pouco, o único). Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: