14 janeiro 2006

Blogues, Anonimato e Corporativismo

JPP, no seu Abrupto, toca hoje num dos temas que mais fragiliza a nossa democracia: a utilização dos media, no caso a blogosfera, por agentes corporativos que, imbuídos de um espírito justicialista e sob a capa do anonimato, criam verdadeiros tribunais públicos regidos por regras, lógicas e grelhas de análise que eles próprios decretam.
O tema é grave, porquanto este tipo de blogues, num país em clara decadência e dominado pelas corporações, ignoram as regras mais básicas da liberdade, a que «apelam» para se exprimirem sem condicionalismos, mas que trituram, na forma como a exercem.
Da minha parte destaco o blogue Saúde SA, de consulta obrigatória para quem quer perceber a retórica corporativa no seu lado mais negro.
Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: