13 fevereiro 2006

Mário Soares, o monarca da dinastia MUD

José Medeiros Ferreira decidiu ensombrar o excelente desempenho da Joana Amaral Dias nas Presidenciais alegando que em certa medida a sua escolha para mandatária de Mário Soares radicou numa espécie de socialismo proto-monárquico. E eu a pensar que apelar aos ascendentes e aos tempos idos da ditadura eram hábitos da velha direita nostálgica. De facto, cada vez menos faz sentido a dicotomia esquerda-direita. Até os tiques são os mesmos! Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: