23 maio 2006

Cogito, "ego" sum (parte VII)

Estou enjoado de ouvir as sistemáticas afirmações rasteiras de Manuel Maria Carilho, secundado por Emídio Rangel, certamente aproveitando a boleia do político para fazer um certo ajuste de contas. O livro de Manuel Maria Carilho utiliza alguns aspectos interessantes, instrumentalizados a seu serviço para deferir ataques assassinos a pessoas de uma forma justicialista, no fundo o seu grande objectivo. Vou dormir. Manuel Maria Carilho é um Maquiavel reincarnado, um homem movido pela vingança. O grau 0 da política. Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: