26 maio 2006

Sub-21

Não somos grandes fãs da meritocracia, mas a um grupo de jovens esforçados e responsáveis, que perderam porque os adversários também jogam, a derrota tem sido "cobrada" de uma forma muito dura. Estamos a falar de jovens entre os 18 e os 21 anos, e que deram o seu melhor. Os portugueses no futebol não aceitam menos que a vitória. País curioso, este. Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: