13 junho 2006

Blue Lounge "a banhos"

O dinamizador aqui da casa bem que tem tentado ir a banhos, mas o mau tempo arrastou-o novamente para o ciberespaço, que aqui ao menos não chove. Farto de tentar melhorar o swing, de ler, vistos o MI3 e vários jogos do Mundial (em espaços públicos), regresso a este cantinho azul (pelo menos até que o sol se digne aparecer onde era suposto estar em força; de contrário corro o risco de ter de ver o Código da Vinci ou alinhar nos tratamentos do SPA aqui ao lado). Regresso à actividade com o artigo de ontem publicado na Revista Dia D; durante a semana espero ainda colocar em linha o texto da minha apresentação no domingo passado no Congresso Diocesano da Invicta, sobre Liberalismo e Doutrina Social da Igreja, tema que motiva as maiores discussões (como aliás se viu no debate). Pretendo ainda fazer uma análise crítica - curta - sobre a obra de Timothy Garton Ash, "Free World", publicada pela Aletheia Editores (que estou a acabar de ler), bem como dar nota da edição revista do "Fim da História e o Último Homem", onde Fukuyama se procura acomodar aos novos tempos e às críticas a que a sua obra foi sujeita. Tudo isto se persistir o mau tempo (o que um homem faz para não ver o Código da Vinci); de contrário, regresso ao dolce fare niente. Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: