05 junho 2006

Opinião de um leitor - na Dia D

Na Secção Directas, da revista Dia D de hoje, um leitor devidamente identificado, de seu nome João Silva, critica o meu artigo "O Erro de Fukuyama", cujo teor aqui se reproduz:
Se só houvesse um "Todo" – o "Todo Estado" ao serviço dos capitalistas – o fim da História seria a Tragédia que [Rodrigo] Adão Fonseca apregoa, no artigo "O Erro de Fukuyama" publicado num dos últimos "Dia D". Todavia há outro "Todo", o "Todo Povo" que tem de ter opinião; ocupar a rua e gerir os seus votos no sentido, por um lado, de limitar os sobrelucros capitalistas, exigir que parte desses lucros retornem para a formação profissional de qualidade, para os impostos e obras da responsabilidade social da empresa e, por outro, exigir aos seus governantes que façam amplas alianças internacionais de países e povos, para condenarem os governos párias do globo como o chinês, o indiano, os dos sudoeste asiático etc. que obrigam os seus povos ao trabalho escravo sem direitos. Se isto não acontecer, a tese elitista do Sr. [Rodrigo] Adão Fonseca vencerá, porque os homens livres foram eliminados, os senhores do capital vencerão e o Povo será reduzido à escravatura.
Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: