25 julho 2006

Blue Photo: Loretta Lux

The Waiting Girl, 2006
Não digas nada; sê bom menino; bem comportado; alinhado; bem sentado, expectante; sê paciente; não rompas equilíbrios; não trilhes caminhos quando as estradas estão feitas; vive lado a lado com gatos espalmados, adormecidos; esperando pela tua vez; não levantes o dedo: as mãos devem repousar sobre o colo; mantém as pernas cruzadas e o corpo inerte; aceita o destino. Aos gatos, alguém passará a mão pelo pêlo; tu, aguarda pela tua vez; ouve, as oportunidades são como os comboios, nunca cumprem o horário, e conduzem todos os passageiros ao mesmo destino, ao mesmo ritmo; aliás, acabam sempre por chegar; mesmo quando já ninguém os espera na gare; na viagem; dorme; para quê procurar, quando vives sentado num cadeirão forrado com tecidos de veludo? P'ra que me sonha a beleza Se a não posso transmigrar?... Vontade de Dormir, Mário de Sá-Carneiro Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: