26 julho 2006

Uma série de perguntas simples

Peço a Vital Moreira e Paulo Pedroso, que apresentam uma série de argumentos aparentemente atendíveis, e eventualmente a quem domine estas matérias, respostas simples a um conjunto de perguntas bem directas: 1.) A reforma auferida por Manuel Alegre pela sua colaboração com a RDP teve por base quantos meses/anos de descontos? 2.) E teve por base que salário (antecipo que terá sido o de Deputado)? 3.) A reforma auferida por Manuel Alegre, é ou não cumulável com a reforma pelo serviço como deputado? 4.) Pode ou não a mesma base salarial auferida por Manuel Alegre dar origem a duas reformas por inteiro: uma reforma (por inteiro) na RDP e uma reforma (por inteiro) por ter sido deputado? Agradeço respostas simples e directas a questões que são simples e directas. Obrigado. Rodrigo Adão da Fonseca PS: Não ponho em causa a legalidade das reformas auferidas por Manuel Alegre, nem por ninguém que tenha sabido maximizar a manta de retalhos que são os regimes de previdência em Portugal.

Sem comentários: