15 outubro 2006

Refreshing Francisco Louçã's memory

Exmo. Senhor Francisco Louçã, Hoje, na SICNotícias, ouvi-o recusar ter algum dia chamado "mafioso" a Belmiro de Azevedo. Gostaria de o relembrar das suas próprias frases:
«Temos o Carrapatoso/Corleone, o Belmiro/Corleone e o Paulo Teixeira/Corleone».
Você anda bastante esquecido. Mas os "blogues de direita" estão por cá para lhe avivar a memória. Com estima, Rodrigo Adão da Fonseca (ver ainda o post "Gansters", de Setembro deste ano).

Sem comentários: