11 fevereiro 2007

O referendo deu "Sim"

Em Portugal, vai assim poder abortar-se a pedido. O tempo encarregar-se-á de nos revelar se há motivos para tanto festejo, e qual o custo deste "avanço civilizacional".

Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: