26 junho 2007

Então, livros...

Respondendo ao desafio da Sinapse, vamos lá então aos cinco livros da praxe, não os que li em último lugar (até porque nem sei se os acabei, alguns deles não se lêem, visitam-se), mas os que me apeteceu seleccionar nos montes que tenho espalhados pela sala e pelo quarto, aquisições que sei que são recentes, deste mês de Junho.

Assim, aqui vai disto, Evaristo:

1. O catálogo da artista plástica Raquel Gralheiro, a mais recente aquisição da minha pequena colecção doméstica, cujas páginas folheei e folheei e folheei com gosto até me decidir por uma compra já decidida.
2. 'Lourenço Marques', do bem blogosférico FJV (edições ASA); coincidência engraçada, tirei o plástico protector em Angola ao livro que nos leva até à contracosta. Faltam-me as últimas páginas, o suspense do fim.
3. 'Buying a Fishing Rod for my grandfather', de Gao Xingjian (Flamingo), que me fez companhia sobrevoando África, de regresso a casa. Lido de uma só assentada.
4. 'Le goût de la Birmanie', pequenos contos sobre a Birmânia, livro que comprei algures em Paris no dia em que Sarkozy conquistou novamente a França; para recordar outras viagens, mas que ainda não mereceu da minha parte a devida atenção.
5. 'Angola no séc. XIX, cidades, território e arquitecturas', de Aida Freudenthal, José Manuel Fernandes e Maria de Lurdes Janeiro, edição patrocinada pelo Banco de Fomento de Angola, ilustrada com postais da colecção de João Loureiro, devidamente folheado, e com o destino já traçado para as estantes do meu pai.
Lanço o desafio, então, ao Eduardo Pitta, que tem certamente excelentes sugestões para nos dar, ao africanista Espumante, aos melómanos Pedro Leitão e Francisco Mendes da Silva (de Viseu, como a Raquel Gralheiro), e ao Helder, do Insurgente.
Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: