11 janeiro 2008

Fugindo do frio

No Lounge, no aeroporto de Lisboa, de partida para Luanda, ouço uma piada que dá que pensar. De facto, uma vírgula, colocada ex ante ou ex post, pode alterar drasticamente o sentido de uma frase. Senão vejamos:



"O Cristiano Ronaldo é como o dinheiro, parado não rende".


Ora, se a vírgula saltar umas letras:



"O Nuno Gomes é como o dinheiro parado, não rende".


Dá que pensar, de facto, a importância da colocação de uma vírgula.


***


Bem, desde Setembro que não ia a Luanda. Apesar de estar quase morto, cheio de frio, e do plano da actividades para as próximas três semanas ser de "mandar vir a pistola", a perspectiva de umas cucas geladas e um par de lagostas bem abeeeertas, no fim-de-semana que se avizinha, torna tudo muito mais "leve-leve".
***
Anunciam um vôo a destination de Dakar. Parece que vai cheio.
***
Estão a chamar pelo meu. Au revoir.
Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: