17 junho 2008

Estava um calor de morte


NYC atingiu os máximos desde 1925. Um forno. Mas soube bem.
Rodrigo Adão da Fonseca

Sem comentários: