20 outubro 2008

Blue Photo: John Knight

John Knight, ": La formule" (2008)
Foto de John Knight, mas bem que podia ser de Sarkozy, o super-homem que anda à procura da solução mágica que impeça futuras crises nos mercados financeiros. Provavelmente, as mudanças vão funcionar, até à próxima crise, é claro. Mania essa que alguns têm de achar que conseguem monitorar a criatividade - infelizmente, tantas vezes manhosa - de milhões de tipos com vontade de - basfémia! - enriquecer.
Nisto da "crise financeira", numa coisa concordo com a esquerda radical: se acabarmos com os mercados, nunca mais há crises financeiras. Agora, se queremos viver com mercados - dos que funcionam, e trazem crescimento, e tal - temos de levar com épocas em que tudo parece correr mal. Por estes dias, tenho-me lembrado bastante da famosa frase de Churchill, "[a] democracia é a pior forma de governo imaginável, à excepção de todas as outras"; é que vejo nela um certo paralelismo com o que se está a passar: pois, à mingua de soluções credíveis - e não descobri ainda nenhum profeta salvador - é caso para dizer, "os mercados livres são a pior forma de financiar as economias, à excepção de todas as outras".

Sem comentários: